Acessar o conteúdo principal
Imigrantes

França: incêndio em centro para imigrantes deixa um morto e 12 feridos

Incêndio em prédio de trabalhores imigrantes em Boulogne-Billancourt seria um "acerto de contas" entre moradores.
Incêndio em prédio de trabalhores imigrantes em Boulogne-Billancourt seria um "acerto de contas" entre moradores. Captura de vídeo LE PARISIEN

Um homem morreu e 12 pessoas ficaram feridas na manhã desta sexta-feira (16) em um incêndio em um centro para trabalhadores imigrantes em Boulogne-Billancourt, na periferia de Paris. A polícia investiga o caso e divulgou que o incidente é criminoso.

Publicidade

De acordo com o presidente do comitê de residentes do local, Bakary Cissoko, a vítima fatal é um homem, originário do Mali, com cerca de 40 anos, que vivia há quatro anos no centro. Ele pulou da janela do terceiro andar, a exemplo de outros moradores que se desesperaram com o fogo.

Segundo os primeiros elementos da investigação, o incêndio seria criminoso. Traços de combustível foram encontrados no hall do prédio de seis andares. O local conta com 78 alojamentos, onde moram cerca de cem pessoas. Os feridos foram levados para hospitais da região. Um deles segue em estado grave.

No Twitter, o primeiro-ministro francês, Bernard Cazeneuve, expressou sua solidariedade com as vítimas e prometeu que o incidente será esclarecido. De acordo com o premiê, um dos moradores do local deve ser o responsável pelo crime, provavelmente "um acerto de contas interno".

Outros centros de migrantes foram alvos de incêndios

Esse não é o primeiro caso de incêndio em centros para migrantes na França. No início de setembro, um local de acolhimento de refugiados foi incendiado no município de Forges-les-Bains, na região parisiense. No final de outubro, na cidade de Loubeyrat, no sudeste do país, um centro de acolhimento e orientação também foi parcialmente destruído por um incêndio voluntário no final de outubro.

A residência de formação para trabalhadores imigrantes em Boulogne-Billancourt foi principalmente atingida no térreo, onde o fogo começou. De acordo com a polícia, nenhum alojamento foi destruído pelas chamas e o local deve voltar a reabrir depois do fim das investigações.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.