Acessar o conteúdo principal
Terrorismo

Homem armado é preso na Torre Eiffel, iluminada com homenagem a Neymar

Ataque a faca na Torre Eiffel, quando a torre homenageava a chegada de Neymar.
Ataque a faca na Torre Eiffel, quando a torre homenageava a chegada de Neymar. AFP/Olivier Morin

Um homem foi detido na noite deste sábado (5) ao tentar forçar um dos controles de segurança da Torre Eiffel. Seu nome e suas intenções ainda não foram divulgados pela polícia.

Publicidade

Minutos antes do fechamento da Torre Eiffel, o homem atravessou um pórtico empurrando um guarda de segurança com o ombro. Depois, puxou uma faca, gritando “Allah Akbar” (Alá é o maior, em árabe).

Militares da operação Sentinelle (que patrulha Paris) ordenaram que o homem colocasse a faca no chão, antes de o prender sem que ele apresentasse resistência. 

“Trata-se de alguém que possui antecedentes psiquiátricos, e que deixou o tratamento no final de julho", declarou uma fonte próxima à investigação.

De acordo com informações preliminares, o detido é um jovem francês, nascido em agosto de 1998 na Mauritânia.

Estado de urgência

Após o incidente, a polícia realizou uma busca completa no local e pediu que as pessoas deixassem o monumento às meia-noite e meia, quinze minutos antes da hora habitual, indicou a empresa que administra a Torre Eiffel (SETE) em um comunicado.

Antes do incidente, a torre passou a noite iluminada com as cores do clube Paris-Saint-Germain em homenagem à chegada do atacante Neymar a Paris. Na manhã deste domingo, a Torre Eiffel reabriu normalmente às 9h da manhã.

Desde novembro de 2015, a França está em estado de urgência em virtude dos numerosos ataques terroristas que já mataram 239 pessoas no país.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.