Acessar o conteúdo principal
RFI Convida

Cláudio Edinger participa da feira Paris Photo com imagens de "Machina Mundi"

Áudio 06:57
Cláudio Edinger, fotógrafo, autor de "Machina Mundi".
Cláudio Edinger, fotógrafo, autor de "Machina Mundi". RFI

Novembro em Paris é sinônimo de fotografia. Vários eventos enchem a cidade de imagens e um dos pontos altos é a Paris Photo, a grande feira anual de imagens que acontece no Grand Palais até dia 13, segunda-feira.

Publicidade

A Livraria Madalena está com um stand no evento e trouxe vários artistas para uma tarde de autógrafos, entre eles Cláudio Edinger, carioca radicado em São Paulo, muito premiado e publicado. Ele está apresentando seu mais novo livro, "Machina Mundi", que traz imagens diferenciadas, ao mesmo tempo focadas e desfocadas.

“Ninguém enxerga tudo focado, não existe isso. É uma mentira que a fotografia trouxe ao mundo. Mesmo olhando uma foto, você cria o foco seletivo. Você vê a montanha, o rio sai de foco. É normal. O meu livro anterior ‘Paradoxo do Olhar’ é justamente isso. A nossa ambiguidade já começa na maneira como a gente enxerga as coisas, focadas e desfocadas ao mesmo tempo, e é com isso que gosto de trabalhar”, explica o fotógrafo.

Andanças

Irriquieto, Edinger se formou em Economia, mas a paixão pela fotografia prevaleceu. A primeira série da carreira, sobre o edifício Martinelli, em São Paulo, chamou a atenção. Depois foram 20 anos nos Estados Unidos, de onde surgiram os trabalhos sobre os judeus hassídicos do Brooklin, em Nova York, e depois sobre o Hotel Chelsea, na Califórnia.

De volta ao Brasil, outras séries marcantes se seguiram, como o premiado “Loucura”, sobre o hospício do Juqueri, em São Paulo. “Machina Mundi” são imagens de São Paulo e Rio feitas de helicóptero, feitas com câmera de grande formato. O próximo projeto, Edinger adianta, vai ter como pano de fundo a Europa.

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.