Acessar o conteúdo principal
França

Garoto de 10 anos é indiciado na França após provocar incêndio que matou 4

Incêndio atingiu os cinco ultimos andares do prédio na periferia de Paris.
Incêndio atingiu os cinco ultimos andares do prédio na periferia de Paris. Thomas SAMSON / AFP

A justiça francesa anunciou nesta segunda-feira (30) o indiciamento de uma criança acusada de provocar um incêndio quando brincava com um isqueiro no apartamento onde mora. O acidente causou a morte de uma mulher e seus três filhos no mesmo prédio.

Publicidade

O garoto foi indiciado por incêndio voluntário, crime sujeito à prisão perpétua na França. No entanto, ele não será julgado, pois sua idade faz com que seja considerado irresponsável do ponto de vista penal. Mesmo assim, a justiça decidiu impor o afastamento do menino da região onde mora.

O incêndio aconteceu no quinta-feira (26) em Aubervilliers, cidade na periferia de Paris, em um prédio de habitações sociais. Segundo as autoridades, o menino ateou fogo em um pedaço de tecido e não conseguiu apagar as chamas, que se propagaram em sua casa e nos apartamentos vizinhos. O prédio tem 18 andares e o incêndio atingiu os últimos cinco.

Entre 250 e 350 pessoas que estavam no imóvel foram retiradas às pressas. Cerca de 100 bombeiros foram mobilizados para tentar conter o fogo.

Quando as chamas foram apagadas, as equipes de socorro encontraram no 17° andar os corpos de uma mulher de 33 anos grávida e seus três filhos, de 18 meses, 4 e 6 anos. Nove pessoas (seis moradores e três bombeiros) foram hospitalizados com ferimentos leves.

Segundo os vizinhos, a tragédia poderia ter feito um número ainda maior de vítimas, se não fosse a ajuda dos moradores do bairro que, ao ver as flamas, entraram no prédio para avisar os demais moradores.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.