Acessar o conteúdo principal
Paris/Gay Games

Paris recebe Gay Games, os jogos da diversidade

Os Gay Games pretendem promover a diversidade através do esporte.
Os Gay Games pretendem promover a diversidade através do esporte. Gay Games

A 10ª edição dos Gay Games, jogos mundiais da diversidade que acontecem pela primeira vez em Paris e vão reunir participantes de 90 países, começa neste sábado (4) e se estende ao longo de uma semana com competições esportivas e eventos culturais.

Publicidade

Criados em 1982 em San Francisco, os Gay Games são um evento militante, que tem como objetivo "desconstruir os estereótipos e lutar contra o ódio em relação às pessoas LGBT". Trata-se de um encontro esportivo sem discriminação de origem, de orientação sexual, ou de qualquer outro tipo.

Seis anos antes dos Jogos Olímpicos de Paris 2024, mais de 10 mil participantes são esperados. Alguns são de países onde a homossexualidade é considerada ilegal ou é reprimida.

Depois da inauguração do evento amanhã, que acontece às 9h locais (4h, em Brasília), começará às 10h a International Memorial Rainbow Run, corrida em nome das vítimas da aids e do câncer de mama, assim como da discriminação.

"É uma homenagem às pessoas que fizeram nossa história", disse o copresidente do evento, Manuel Picaud.

Desfile e show

A cerimônia de abertura será às 19h locais, no estádio Jean Bouin, com uma parada de 10 mil atletas e uma apresentação sobre "se assumir" e sobre a "igualdade".

Competições esportivas em 36 modalidades serão realizadas durante a semana, em 67 pontos espalhados pela região parisiense e no porto do Havre (norte da França), este último para as provas de vela.

A edição 2018 termina com a festa de encerramento em 11 de agosto no pátio do Hôtel de Ville (prefeitura), de Paris.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.