Acessar o conteúdo principal
"Coletes amarelos"/Ano Novo

"Coletes amarelos" prometem novas mobilizações na França e no Ano Novo em Paris

Os "coletes amarelos" no Champs-Elysées, no dia 15 de dezembro.
Os "coletes amarelos" no Champs-Elysées, no dia 15 de dezembro. REUTERS/Gonzalo Fuentes

Os "coletes amarelos" anunciaram que vão voltar a protestar neste fim de semana na França e prometem agitar o Ano Novo em Paris.

Publicidade

Diante das respostas do governo consideradas como insuficientes, os militantes anunciaram que voltarão a realizar manifestações no sábado (29) não apenas na capital francesa mas também em Lyon, Nantes, Toulouse e Bordeaux.

Esse será o sétimo fim de semana de mobilização do movimento que começou nas redes sociais contra o aumento do imposto sobre os combustíveis, se tornou um grito contra o baixo poder aquisitivo das classes francesas mais baixas e chegou a pedir a renúncia do presidente Emmanuel Macron.

Os grupos nas redes sociais convocam ainda bloqueios nas regiões de Rennes, Marselha e Bordeaux.  

Ano Novo de amarelo

Os "coletes amarelos" também prometem se misturar aos parisienses e turistas que irão festejar a virada do ano na avenida Champs-Elysées, no centro da capital francesa na próxima segunda-feira (31).

Segundo o governo, a mobilização dos “coletes amarelos” diminuiu muito nas últimas semanas, com a participação de cerca de 38.600 pessoas na França, em relação a 60 mil na semana anterior.

A prefeitura de Paris, que programou um show de luzes e fogos no Arco do Triunfo, anunciou que não irá cancelar o evento. A festa está prevista para começar às 23h20, pelo horário da França, com projeções 3D, música e fogos, sob o tema da fraternidade.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.