Acessar o conteúdo principal
Paris

Paris: incêndio atinge Catedral de Notre-Dame

Incêndio na catedral Notre Dame, em Paris. 15/04/2019
Incêndio na catedral Notre Dame, em Paris. 15/04/2019 FRANCOIS GUILLOT / AFP

Um incêndio foi registrado no final da tarde desta segunda-feira (15) na catedral de Notre-Dame, em Paris. O monumento recebe cerca de 13 milhões de visitantes por ano. 

Publicidade

O incêndio, cuja gravidade ainda está sendo determinado, tomou conta do sótão da catedral, um dos monumentos históricos mais visitados da Europa. De acordo com o porta-voz da Notre-Dame, o fogo começou pouco antes das 19h (14h em Brasília).

Uma das pontas do telhado desmoronou. Segundo as primeiras informações, o incêndio poderia ser ligado a uma reforma que está sendo realizada na catedral desde o ano passado.

Os turistas foram retirados rapidamente do monumento e um perímetro de segurança foi implementado na região.

Quase duas horas após o início do incêndio, os bombeiros ainda tentavam conter as chamas. Como as escadas das equipes de socorro têm cerca de 30 metros de comprimento e que o monumento tem mais de 100 metros de altura, as operações são ainda mais lentas. As estreitas ruas que cercam o monumento, construído em uma ilha às margens do rio Sena, também tornam difícil o trabalho dos bombeiros. 

O incêndio acontece no primeiro dia das celebrações da Semana Santa, quando a frequentação da Catedral é ainda maior. A igreja é o principal monumento religoso do país.

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, se exprimiu nas redes sociais, onde falou de uma “incêndio terrível”. “Estamos mobilizados e peço que todos respeitem o perímetro de segurança”, declarou a prefeita. 

Conhecida mundialmente por sua arquitetura gótica, a Catedral de Norte-Dame data de 1345. Uma das mais antigas da França, ela é um dos principais pontos turísticos do país.

O presidente francês, Emmanuel Macron, que deveria fazer um pronunciamento oficial às 20h (15h) na televisão, no qual deveria apresentar medidas em resposta ao movimento dos "coletes amarelos", adiou sua intervenção. A presidência não informou se o chefe de Estado conta se exprimir ainda nessa segunda-feira.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.