Acessar o conteúdo principal
França/fraude

França: empresa distribuiu carne moída falsa para população mais pobre

Les steaks hachés sont fait à partir de morceaux avant du bœuf, moins nobles.
Les steaks hachés sont fait à partir de morceaux avant du bœuf, moins nobles. Getty Images/Ursula Alter

A denúncia foi feita por associações que distribuem alimentos e perceberam que a textura e a cor dos produtos eram estranhas. A falsa carne, fabricada na Polônia, continha apenas pele e gordura misturadas com soja e amido.

Publicidade

O alerta foi dado no mês de março, segundo a rádio francesa RTL, por quatro associações francesas, entre elas a Cruz Vermelha, que acionaram o DGCCRF, órgão francês que investiga fraudes e denúncias no setor agroindustrial. As análises feitas em laboratório mostraram a existência de soja e amido no bife. Esses ingredientes não podem ser utilizados nos bifes.

Desde julho de 2018, a empresa francesa que distribuía o produto polonês, entregou cerca de 780 toneladas para as associações – um total de sete milhões de bifes de carne moída. O produto foi financiado por um fundo europeu de ajuda aos mais pobres.

Em um comunicado publicado nesta sexta-feira (7), o órgão francês ressaltou que o produto não traz riscos para a saúde. Em 2018, outras 1.500 toneladas de carne foram adquiridas por um total de € 5,2 milhões.

Caso vai para a Justiça

Em entrevista à rádio RTL, a secretária-adjunta do Ministro da Economia, Agnès Pannier-Runacher, disse que o caso será enviado à Justiça. “Esse tipo de situação não pode se repetir”, declarou. Os responsáveis podem pegar dois anos de prisão e pagar uma multa de € 1,5 milhão.

Além da empresa importadora, um outro intermediário envolvido na comercialização do produto fraudulento foi identificado. Os dirigentes dessas empresas, cujos nomes permaneceram no anonimato, já foram ouvidos pelos investigadores e comercializaram o produto para diminuir o custo de produção e aumentar a margem de lucro. A França também alertou as autoridades polonesas.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.