Acessar o conteúdo principal
França/museu

Mona Lisa vai mudar de galeria no Louvre e sairá temporariamente de exposição

FILE PHOTO: Visitors take pictures of the painting "Mona Lisa" (La Joconde) by Leonardo Da Vinci at the Louvre museum in Paris, France, December 3, 2018. Picture taken December 3, 2018.
FILE PHOTO: Visitors take pictures of the painting "Mona Lisa" (La Joconde) by Leonardo Da Vinci at the Louvre museum in Paris, France, December 3, 2018. Picture taken December 3, 2018. REUTERS/Charles Platiau/File Photo

O quadro "Mona Lisa", um dos mais famosos do museu Louvre, em Paris, vai trocar de galeria durante alguns meses. A mudança acontece nesta terça-feira (16). O motivo é a reforma na sala onde está exposta a obra do pintor italiano Leonardo da Vinci.

Publicidade

O anúncio foi feito m junho pela direção do museu parisiense. O quadro será transferido para a Galeria Médicis, na ala Richelieu, no segundo andar, uma das mais amplas do museu. A Gioconda" ou "Mona Lisa" atualmente está exposta na Sala dos Estados, no primeiro andar.

O público poderá observar novamente a obra a partir desta quarta-feira (17), em uma vitrine de vidro com temperatura constante de cerca de 19°, similar ao local em que está exposto atualmente. Cerca de 20 mil turistas apreciam diretamente o sorriso da Mona Lisa. Segundo o Louvre,70% dos visitantes vêm ao museu para ver o quadro.

O Museu do Louvre iniciou em 2014 sua maior reforma desde os anos 1980. O objetivo é melhorar a gestão do fluxo de visitantes - mais de 10 milhões em 2018 - e adequar-se às novas normas de segurança. "É o início de uma imensa reforma no interior e exterior", disse o presidente do museu, Jean-Luc Martinez.

A reforma do espaço começou em janeiro e todas as telas foram retiradas, exceto "As Bodas de Caná", de Veronese, e a "Mona Lisa". O quadro retornará à sala ao final das obras, em outubro. Exibida desde 2005 atrás de uma vitrine blindada, a "Mona Lisa" é, ao lado da "Vênus de Milo" e da "Vitória de Samotrácia", uma das pinturas mais famosas do maior museu do mundo.

Mona Lisa voltou para a Itália em 1911

Especialistas afirmam que o quadro é frágil e os deslocamentos dentro do museu ocorrem com pouca frequência. A obra foi pintada a óleo sobre uma fina placa de madeira de álamo que, com o tempo, encurvou e provocou uma fissura.

Em 1964, o quadro voltou para à França, depois de ter sido roubado por Vincenzo Peruggia, um vidraceiro italiano que trabalhou no Louvre, em 1911. Ele a conservou durante dois anos em seu apartamento no 10° distrito antes de tentar vendê-la na Itália, mas acabou sendo denunciado e preso. A obra voltou para Paris em 1914, depois de ser exposta em Florença e Roma.

 

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.