Acessar o conteúdo principal

Mais de 30 migrantes paquistaneses são encontrados escondidos em caminhão na França

Policiais franceses patrulham estradas do sudeste da França. Imagem de arquivo.
Policiais franceses patrulham estradas do sudeste da França. Imagem de arquivo. JEAN-PIERRE CLATOT / AFP

Trinta e um migrantes paquistaneses foram encontrados escondidos em um caminhão no sudeste da França, perto da fronteira com a Itália, na sexta-feira (1°). A descoberta aumenta o temor que uma tragédia similar à ocorrida recentemente no Reino Unido - onde 39 corpos foram encontrados em um veículo-frigorífico - possa acontecer em território francês.

Publicidade

Segundo a promotoria de Nice, o motorista do caminhão - também de nacionalidade paquistanesa - foi preso. Entre os 31 migrantes, havia três adolescentes de cerca de 15 anos, sem família.

O veículo foi interceptado durante uma blitz em uma rodovia da região francesa dos Alpes Marítimos. Todos os migrantes foram entregues às autoridades italianas, devido ao procedimento de não admissão de indivíduos em situação irregular no controle de fronteiras, em vigor desde 2015.

"Vamos tentar determinar se podemos chegar a uma rede de traficantes e seus líderes, como fazemos sistematicamente nesses tipos de casos", explicou a promotoria de Nice. Caso isso não seja possível, o motorista do caminhão será colocado à disposição das autoridades francesas e processado por ter participado em operação de entrada e permanência de estrangeiros em situação irregular.

"Isso demonstra a eficácia de dispositivos clandestinos de controle de imigração que operam 24 horas por dia e sete dias por semana", disse a prefeitura dos Alpes Marítimos. Segundo as autoridades, o caminhão foi interceptado graças ao trabalho da polícia no pedágio de La Turbie, perto da fronteira da França com a Itália.

39 corpos em caminhão-frigorífico

O caso dos migrantes paquistaneses remete à descoberta, no último 23 de outubro, de 39 corpos em um caminhão frigorífico em Grays, a 30 quilômetros de Londres. Com passaportes chineses, 31 homens e oito mulheres originários do Vietnã podem ter morrido congelados.

O motorista do caminhão, de 25 anos e da Irlanda do Norte, foi preso no local e é acusado de assassinato. Outras três pessoas foram detidas, acusadas de tráfico de seres humanos. As autoridades continuam trabalhando na identificação dos corpos.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.