Acessar o conteúdo principal
Linha Direta

De olho nos negócios, China reconhece o CNT líbio

Áudio 04:31
Um policial diante da embaixada da Líbia, em Pequim.
Um policial diante da embaixada da Líbia, em Pequim. REUTERS/Jason Lee

A China foi o último membro permanente do Conselho de Segurança da ONU a reconhecer nesta segunda-feira o Conselho Nacional de Transição, o CNT, como novo governo da Líbia, após a queda de Muamar Kadafi. Trata-se de uma vitória política e diplomática para os rebeldes líbios. Os valiosos investimentos chineses na Libia devem ter pesado na balança. A China tem 50 projetos no país, avaliados em US$ 18 bilhões e 800 milhões, envolvendo setores de infra-estrutura e de comunicação. O governo chinês anunciou que as relações entre China e Líbia manterão o status atual e que os contratos em andamento continuarão válidos. Ouça no programa Linha Direta, o comentário de nossa correspondente em Pequim, Janaina Silveira. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.