Acessar o conteúdo principal
Linha Direta

Deputados italianos devem aprovar plano de “discórdia” para conter déficit

Áudio 04:07
O Parlamento italiano vota, nesta quarta-feira , uma moção de confiança ao plano de austeridade apresentado pelo Governo
O Parlamento italiano vota, nesta quarta-feira , uma moção de confiança ao plano de austeridade apresentado pelo Governo REUTERS/Max Rossi

Com uma dívida que bateu um recorde histórico em julho ao ultrapassar 1,911 trilhão de euros, os deputados italianos parecem não ter outra alternativa senão aprovar o plano de austeridade proposto pelo governo que contém medidas extremamente impopulares. Cortes drásticos estão previstos no sistema de aposentadorias, na saúde e na educação para ajudar a reduzir o imenso déficit público. Se por um lado as medidas atingem setores essenciais, por outro é grande a percepção de que a minoria rica do país, que controla 47% da atividade econômica, foi muito pouco atingida pelo plano assim como a classe política que conta com muitos privilégios, entre eles o de como uma pensão vitalícia.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.