Acessar o conteúdo principal
Saúde

Cientistas franceses rejuvenescem células de pessoas de 100 anos

Áudio 03:31
Cientistas franceses conseguem reverter envelhecimento celular de pessoas centenárias.
Cientistas franceses conseguem reverter envelhecimento celular de pessoas centenárias. Flickr/Walmink

Uma equipe de pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa Científica da França (CNRS) e do Instituto da Saúde e da Pesquisa Médica (Inserm), dirigida por Jean Marc Lemaitre, da Universidade de Montpellier, conseguiu rejuvenescer células de doadores com mais de 100 anos e provar que o envelhecimento celular pode ser reversível. Reprogramadas in vitro, as células dos doadores encontraram sua juventude e as características de células tronco embrionárias. Outros trabalhos desse tipo já tinham sido desenvolvidos, mas esta é a primeira vez que se consegue este resultado com células de pessoas de idade tão avançada, como nos explica Jean Marc Lemaitre, diretor da pesquisa. Mas segundo o geneticista especialista em envelhecimento celular e dos organismos, da Escola Nacional Superior de Lyon e do Centro Nacional de Pesquisa Científica da França, Hugo Aguilaniu, ainda é muito cedo para sonhar com a eterna juventude.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.