Acessar o conteúdo principal
Aeronáutica

Autoridades europeias decidem inspecionar todos os aparelhos A380 após fissura

O Airbus A380, o maior avião do mundo, durante a feira aeronáutica de Paris de 2011.
O Airbus A380, o maior avião do mundo, durante a feira aeronáutica de Paris de 2011. REUTERS/Gonzalo Fuentes/Files

A Agência Europeia de Segurança Aérea vai recomendar, nesta quarta-feira, que toda a frota de aviões do modelo Airbus A 380 seja inspecionada, após a descoberta de microfissuras nas asas de alguns aparelhos. No mês passado, o órgão já havia pedido que um terço dos Airbus A 380 fosse revisado.

Publicidade

Com a decisão das autoridades europeias, toda a frota de 68 aviões A 380 atualmente em circulação no mundo será submetida à inspeção. A Airbus, fabricante do modelo, não quis fazer nenhum comentário e garantiu no mês passado que o problema das fissuras nas asas não compromete a segurança dos voos.

O A 380 é o maior avião do mundo e tem capacidade para transportar até 500 passageiros. A primeira fase de verificação se concentrou nos aparelhos das companhias Singapore Airlines, Air France e Emirates. Esses aparelhos são os que realizaram até agora o maior número de horas de decolagens e aterrissagens desde que o modelo entrou em operação comercial, há cerca de quatro anos. 

As despesas com a inspeção, os custos decorrentes de eventuais reparos e os prejuízos gerados com a imobilização dos aparelhos serão pagos pela Airbus. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.