Acessar o conteúdo principal
Reportagem

Dissidente chinês Weiwei tem primeira grande exposição em Paris

Áudio 02:05
O artista chinês Ai Weiwei ganha sua primeira grande exposição em Paris.
O artista chinês Ai Weiwei ganha sua primeira grande exposição em Paris. ©WeiWei

O artista chinês Ai Weiwei ganha em Paris sua primeira grande exposição, no Jeu de Paume. “Entrelacs” traz fotos e vídeos de Ai Weiwei, hoje um dos artistas mais importantes e influentes no mundo. Ele projetou o “Ninho de Pássaro”, estádio que foi o símbolo dos Jogos Olímpicos de Pequim. Provocador, ele questiona, através de suas imagens, as condições sociais na China e no mundo. Ele testemunha o progresso selvagem que transforma Pequim, ele faz um diálogo com o passado. A exposição em Paris é uma amostra dessa diversidade e multiplicidade de Ai Weiwei. Ele foi preso em 2011 e ficou alguns meses incomunicável. A prisão teve repercussão internacional. O governo alega fraude fiscal. O artista nega. E a fama de Ai Weiwei só aumenta. A mostra de fotografias “Entrelacs”, de Ai Weiwei, fica em cartaz no Jeu de Paume, em Paris, até o dia 29 de abril.  

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.