Acessar o conteúdo principal
Reportagem

Unesco condena assassinatos de jornalistas no Brasil

Áudio 02:23
AFP

Os assassinatos a tiros de dois jornalistas brasileiros ocorridos em fevereiro foram condenados com veemência pela Unesco, órgão da ONU responsável por defender a liberdade de imprensa. Em entrevista à RFI nesta quarta-feira, a chefe do Departamento de Liberdade de Expressão da Unesco em Paris, Sylvie Coudray, pediu mais rigor nas investigações desses crimes e afirmou que é essencial que os jornalistas investigativos possam trabalhar sem temer por suas vidas. Mario Randolfo Marques Lopes era editor-chefe do "Jornal da Praça", em Ponta Porã, Mato Grosso do Sul, e diretor do portal de notícias "Mercosulnews.com", onde publicava reportagens sobre políticos e denúncias sobre tráfico de drogas. Paulo Roberto Cardoso Rodrigues denunciava escândalos de corrupção de políticos, juízes e policiais do interior do Estado do Rio de Janeiro no site de sua propriedade, "Vassouras na net".

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.