Acessar o conteúdo principal
Fato em Foco

Socialistas franceses devem ter maioria absoluta no 2° turno

Áudio 05:08
O presidente François Hollande pode ter flexibilidade para implementar reformas, se obtiver maioria no segundo turno.
O presidente François Hollande pode ter flexibilidade para implementar reformas, se obtiver maioria no segundo turno. Reuters

O primeiro turno das eleições legislativas francesas, neste domingo, esboça um panorama positivo para o objetivo do Partido Socialista do presidente François Hollande, que conquistou 34,4 % de votos: obter uma maioria de cadeiras para conseguir implantar suas reformas. O analista político Stéphane Montclaire, da Universidade Sorbonne, analisa que a questão agora é saber se esta maioria será absoluta, o que permitiria ao governo agir sem ser obrigado a negociar com outros partidos da esquerda.Quanto ao partido UMP, do ex-presidente Nicolas Sarkozy, que teve 34,04%, ficou em segundo lugar. A Frente Nacional, partido da extrema-direita presidido por Marine Le Pen, obteve 13,6 %, ocupando a terceira posição. Para Stéphane Montclaire, o avanço deste partido não constitui uma ameaça pois duas ou três futuras cadeiras,ocupadas pela Frente Nacional, não constituem uma ameaça diante da maioria socialista.  

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.