Acessar o conteúdo principal
Saúde

"DNA lixo" é chave para entender desenvolvimento de doenças

Áudio 04:35
Estudo mostra que 80% do DNA pode ter funções relacionadas ao desenvolvimento celular
Estudo mostra que 80% do DNA pode ter funções relacionadas ao desenvolvimento celular Christoph Bock / Max Planck Institute

Até a semana passada, 98% de nosso DNA não tinha função nenhuma. Essa parte do genoma, que não é composta de genes, era tão renegada que foi batizada DNA lixo pela comunidade científica. Mas no início desta semana, um estudo financiado pelo governo dos Estados Unidos e realizado por um consórcio de mais de 440 pesquisadores e 32 laboratórios ao redor do mundo devolveu ao tal "lixo" o destaque que ele merece. A Enciclopédia dos Elementos do DNA, ou simplesmente Encode, começa a mapear as funções desta imensa massa do material genético e aponta que 80% dela tem funções da mais alta importância. É ali, por exemplo, que está guardado o segredo do desenvolvimento de doenças graves. A RFI conversou com o médico e professor do departamento de genética da Universidade de Chicago Marcelo Nóbrega, que participou da elaboração do projeto. Ouça 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.