Acessar o conteúdo principal
Linha Direta

Bascos espanhóis votam um ano depois do fim da luta armada

Áudio 04:25
Candidatos das eleições no país basco posam antes de debate televisivo.
Candidatos das eleições no país basco posam antes de debate televisivo. REUTERS/Vincent West

No próximo domingo, 21 de outubro, serão realizadas eleições regionais no País Basco espanhol, um ano depois que a Organização Separatista Basca ETA anunciou o fim da luta armada, que deixou cerca de 900 mortos. Em clima de paz, essa próspera região do norte da Espanha elege domingo o seu parlamento que deverá contar com um significativo número de representantes independentistas. Mais um problema para o premiê conservador espanhol, Mariano Rajoy, que já enfrenta o crescimento do movimento nacionalista na Catalunha. No último dia 11 de setembro, dia nacional da Catalunha, mais de um milhão de pessoas saíram às ruas de Barcelona para pedir a independência da região. Seu único consolo será a Galícia, no noroeste da Espanha, onde as pesquisas apontam a vitória folgada do Partido Popular (PP) que já está no poder. No programa Linha Direta, nossa correspondente em Barcelona, Fina Iñiguez, analisa a relação entre as reivindicações de independência de diferentes regiões da Espanha e a grave crise econômica que afeta atualmente o país.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.