Acessar o conteúdo principal
Fato em Foco

Paris acolhe o maior salão de chocolate do mundo

Áudio 05:13
Flickr/cacaobug

Desejo de muitos ao redor do mundo, o chocolate é o centro das atenções em Paris, pelo menos até o próximo domingo. A capital francesa sedia a 18ª edição do Salão do Chocolate. Com mais de 400 expositores, o evento se tornou a principal vitrine no mundo para a guloseima. Para os mais aficcionados e gulosos, por exemplo, um desfile com vestidos feitos de chocolate está previsto durante todos os dias do salão. No mundo, o consumo anual é de três milhões de toneladas. Enquanto os brasileiros e russos consomem três quilos por ano, os britânicos, alemães e suíços comem nada menos que doze quilos em média. Apesar do baixo consumo per capita de chocolate, o Brasil é o terceiro maior mercado deste produto. Em 2012, Salvador foi a primeira cidade a promover uma edição do salão do chocolate na América Latina e em um país produtor.O presidente da Associação dos Produtores de Cacau (APC ), Guilherme Galvão fala da grande expansão do mercado interno, que já consome todo o cacau produzido no Brasil. Em países como a Índia, metade dos habitantes nunca provou sequer um chocolate. Na China, onde o produto era inexistente até a década de 60, a demanda pelo chocolate será superior à oferta dentro de dez anos. E é neste mercado que o Brasil está de olho. Segundo Diego Badaró, organizador do salão no Brasil e presidente da AMMA Chocolate, os produtores brasileiros pretendem mostrar para o mundo que o Brasil, além de grande exportador de cacau, pode ser, muito em breve, um grande produtor de chocolates finos.  

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.