Acessar o conteúdo principal
Cultura

Faroeste pornô vira pintura na obra de Rafael Carneiro

Áudio 04:06
Frame do filme pornô Dirty Western, de 1975.
Frame do filme pornô Dirty Western, de 1975.

Cowboys, prisioneiros e mulheres nuas em um cenário de faroeste. Rafael Carneiro, artista plástico paulista de 27 anos, reproduz em tinta óleo frames do filme pornô Dirty Western, de 1975. As imagens de Rafael lembram pinturas clássicas, por sua composição, cores e material utilizado, mas atualizadas com personagens diretamente saídos de um velho bang bang para adultos.Além da inspiração cinematográfica, uma das telas faz referência ao quadro “A Origem do mundo”, de Gustave Courbet, parte da coleção do Museu D’Orsay, na capital francesa. A exposição, que leva o nome do longa-metragem americano, pode ser vista na galeria White Projects, em Paris, até o 22 de dezembro.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.