Acessar o conteúdo principal
Meio Ambiente

Brasileira lança com franceses documentário sobre “os invisíveis de Belo Monte”

Áudio 04:25
Documentário franco-brasileiro fala sobre "Os invisíveis de Belo Monte".
Documentário franco-brasileiro fala sobre "Os invisíveis de Belo Monte". Catherine Lacroix shared

Os documentaristas franceses, François Xavier Pelletier e Catherine Lacroix, e a brasileira Magnólia de Oliveira, lançam nesta quarta-feira a produção "Os invisíveis de Belo Monte". O filme será transmitido pelo canal francês Ushuaya TV, especializado em ecologia. 

Publicidade

Foram seis meses de filmagem na Floresta Amazônica, na região de difícil acesso de Volta Grande do Xingu, no Pará, onde está sendo construída a controvertida barragem da usina hidrelétrica de Belo Monte.

Pelletier e Oliveira explicaram à RFI que o documentário pretende valorizar e mostrar ao mundo o modo de vida dos ribeirinhos que vivem na região. Pelletier ressalta que o objetivo do documentário não é mostrar o impacto da construção da usina para as aldeias indígenas que, segundo ele, já têm bastante apoio de ONGs, mas sim, o prejuízo para os caboclos, ribeirinhos e pescadores.

Segundo estudos do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará, mais de 25 mil pessoas serão afetadas diretamente pela construção da usina. A Volta Grande do Xingu, uma queda de 96 metros onde o rio quadruplica de largura e forma diversas cachoeiras e ilhas, concentra boa parte do potencial hidrelétrico do rio. Por isso o local foi escolhido para a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte.

Veja algumas fotos do documetário abaixo:

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.