Acessar o conteúdo principal
Fato em Foco

Presidente equatoriano deve se reeleger com facilidade no domingo

Áudio 04:52
O presidente do Equador, Rafael Correa.
O presidente do Equador, Rafael Correa. ©Reuters.

O presidente equatoriano, Rafael Correa, é o grande favorito para ganhar as eleições presidenciais de domingo, já no primeiro turno. As pesquisas de opinião apontam que o esquerdista Correa tem mais de 60% das intenções de voto, mais de 50 pontos na frente do principal rival, o ex-banqueiro Guillermo Lasso. Depois do final da ditadura, em 1979, o Equador viveu um grande período de instabilidade, com muitos presidentes.

Publicidade

Correa é justamente o primeiro presidente da história moderna do Equador a ser reeleito, um sinal de estabilidade, como explica Gaspard Estrada, professor da Sciences-Po e analista do Observatório Político da América Latina e Caribe (Opalc), em Paris. Para Denilde Holzhacker, doutora em ciências políticas pela USP e coordenadora de Relações Internacionais nas Faculdades Rio Branco, o fato de Correa ter oferecido asilo político a Julian Assange, criador do site Wikileaks, não teve tanta influência na campanha eleitoral. Os trunfos do esquerdista foram as políticas econômicas e sociais.
 

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.