Acessar o conteúdo principal
Linha Direta

Pesquisadores descobrem fragmentos do meteorito que atingiu a Rússia

Áudio 03:12
Muitos vidros foram quebrados devido à liberação de energia provocada pelo deslocamento do meteorito na atmosfera terrestre.
Muitos vidros foram quebrados devido à liberação de energia provocada pelo deslocamento do meteorito na atmosfera terrestre. REUTERS/OOO Spetszakaz

Na última sexta-feira, um meteorito se desintegrou sobre a cidade de Tcheliabinsk, na região dos montes Urais, na Rússia. Cientistas da agência espacial norte-americana NASA calcularam que a quantidade de energia liberada na atmosfera foi 30 vezes maior que aquela produzida pela bomba nuclear que atingiu a cidade japonesa de Hiroshima no final da Segunda Guerra Mundial. De acordo com as autoridades locais, cerca de mil pessoas ficaram feridas. Neste domingo à noite, pesquisadores russos anunciaram a descoberta de fragmentos do meteorito. A jornalista Marina Darmaros, correspondente da RFI na Rússia, explica neste programa que o esforço para consertar os estragos causados pelo meteorito envolvem vinte mil funcionários do governo russo. Ela também fala sobre as reações das autoridades russas sobre o incidente.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.