Acessar o conteúdo principal
Reportagem

Cannes também é cenário ideal para busca de coproduções para o Brasil

Áudio 06:36
A Film Comission do Rio fechou acordos de coprodução com a região de Ile de France, onde fica Paris
A Film Comission do Rio fechou acordos de coprodução com a região de Ile de France, onde fica Paris Wikipédia

Paralelamente ao tapete vemelho, o Festival de Cinema de Cannes também é um ótimo ponto de encontro para fechar acordos. Julia Levy, superintendente do audiovisual da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, aproveita o evento para buscar novas oportunidades de coproduções. Ela sobre a política que a instituição vem adotando nos últimos anos. Uma das estratégias é dar visibilidade aos produtores fluminenses, inclusive no cenário internacional.  

Publicidade

Em entrevista à Rádio França Internacional, Júlia fala sobre as parcerias assinadas, entre elas uma do Estado do Rio de Janeiro e a região de Île de France, onde fica Paris. Ela conta também que o interesse dos mercados internacionais em relação ao Brasil tem aumentado muito nos últimos anos, por causa do aumento de investimentos no setor audiovisual, chamando a atenção de produtores estrangeiros. « Com uma parceria internacional, o filme tem dupla nacionalidade », explica a superintedente. « Se for com a França, por exemplo, um filme é francês, além de brasileiro, e isso significa ter acesso ao mercado europeu, o que é uma grande oportunidade para os filmes brasileiros », completa.

 

Para conferir a entrevista completa, clique em "Ouvir"

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.