Acessar o conteúdo principal
Acidentes/Alpes

Quatro alpinistas são encontrados mortos após dois acidentes nos Alpes

Polícia pede prudência aos alpinistas na região do Mont Blanc (foto) devido a camadas de neves instáveis durante o verão.
Polícia pede prudência aos alpinistas na região do Mont Blanc (foto) devido a camadas de neves instáveis durante o verão. Wikimedia Commons

Duas italianas e um casal francês foram encontrados mortos nesta terça-feira, dia 13 de agosto, nos Alpes franceses. As duas primeiras vítimas morreram em decorrência de uma avalanche no Mont Blanc, na fronteira entre França e Itália. Já o casal foi encontrado em uma geleira a 3 mil metros de altitude na cidade de Oisans, no sudeste da França, após uma queda de mais de 20 metros. As investigações continuam no local do primeiro acidente.

Publicidade

As duas alpinistas italianas encontradas mortas hoje tinham 37 e 41 anos e vinham da região de Piemonte. Uma terceira vítima, um guia italiano, foi encontrado ainda vivo, mas com uma grave hipotermia. O homem está em observação no hospital de Annecy, no sudeste do país.

De acordo com as autoridades, as mortes aconteceram em decorrência de uma avalanche que teve origem a 3 mil e 900 metros, em um dos picos do Mont Blanc, nos Alpes franceses. O desprendimento de neve arrastou um grupo de ao menos seis pessoas por 400 metros. Outras três pessoas, um guia grego e dois alpinistas, conseguiram se refugiar em um abrigo no local e sobreviveram.

Uma quarta pessoa que teria contatado o serviço de socorro ainda não foi encontrada. As buscas são dificultadas pela camada de neve de cerca de 4 metros que encobriu o local.

De acordo com os socorristas, no momento do acidente, ao menos 30 pessoas escalavam o Mont Blanc. O alerta sobre a avalanche foi lançado na noite de segunda-feira pelas autoridades. Os primeiros socorros foram enviados a pé, através do teleférico, e um helicóptero também sobrevoava a região.

Também nesta manhã, equipes de resgate encontraram na geleira de Muzelle, a três mil metros de altitude, na cidade de Oisans, os corpos de dois alpinistas franceses que estavam desaparecidos desde a tarde de segunda-feira. As vítimas, um casal de franceses de 50 anos, morreram provavelmente apos uma queda de mais de 20 metros.

A polícia francesa pede prudência. As condições meteorológicas são boas atualmente nos Alpes, mas a região é sempre perigosa por causa da camada de neve instável nessa época do ano de temperaturas mais altas na Europa.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.