Acessar o conteúdo principal
França/MH370

Justiça francesa abre inquérito para apurar sumiço do voo MH370

Tảu thăm dò Bluefin 21 lúc được đưa xuống biển trong lần xuất trận mới. Ảnh được Hải quân Úc cho công bố ngày 17/04/2014.
Tảu thăm dò Bluefin 21 lúc được đưa xuống biển trong lần xuất trận mới. Ảnh được Hải quân Úc cho công bố ngày 17/04/2014. Reuters

A Promotoria de Paris abriu um inquérito nesta sexta-feira sobre o desaparecimento do voo MH370, da companhia Malaysia Airlines. Quatro franceses viajavam a bordo do Boeing 777-200, que sumiu no dia 8 de março com 239 pessoas a bordo.

Publicidade

A Promotoria já havia aberto um inquérito preliminar no dia 11 de março, três dias depois do sumiço da aeronave, que fazia a rota Kuala Lampur-Pequim. Os franceses que estavam no voo eram estudantes do liceu internacional da capital chinesa e estavam acompanhados da mãe.

A primeira fase de buscas do avião foi encerrada, mas por enquanto não há nenhuma pista da aeronave, que teria caído no sul do Oceano Índico. Sinais similares aos das caixas-pretas foram detectados na área delimitada para as buscas, perto de Perth, na costa australiana, mas por enquanto nenhum destroço foi localizado. O mini-submarino Bluefin-21 continua realizando mergulhos diários, segundo as autoridades do país.

Ontem a Austrália anunciou que irá lançar um edital para obter o financiamento para dar início à segunda fase das buscas. Na semana passada, a Malásia também publicou um relatório preliminar que critica a pouca reatividade das autoridades depois do desaparecimento do avião dos radares, cerca de uma hora depois da decolagem.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.