Acessar o conteúdo principal

Neymar voltou a fazer milagre, diz jornal francês

Neymar é destaque na imprensa francesa desta terça-feira, 24
Neymar é destaque na imprensa francesa desta terça-feira, 24 REUTERS/Ueslei Marcelino

A goleada do Brasil contra Camarões, por 4 a 1, acabou quase à meia-noite na França, e a maioria dos jornais que circula na manhã desta terça-feira (24) não analisa a vitoria que garantiu a liderança no grupo A e a vaga da seleção canarinho nas oitavas de final da Copa do Mundo. Apenas Aujourd'hui en France traz um artigo sobre o jogo e afirma: Neymar voltou a fazer milagres. O Libération também dá destaque ao Brasil, mas falando de Romário e sua posição polêmica em relação à organização do Mundial no país.

Publicidade

“Neymar, o salvador!” Assim começa o artigo super elogioso do Aujourd'hui en France sobre o craque brasileiro de 22 anos. O tabloide diz que o atacante, autor de dois gols ontem (23), garantiu ao país a liderança do grupo A. Os torcedores, que desde o início da partida usavam máscaras com o rosto de Neymar, não se enganaram de herói e gritaram o nome do jogador durante todo o primeiro tempo.

Até os jogadores dos Camarões, eliminados antes mesmo do início da partida, aproveitaram o intervalo para fazer selfies ao lado de Neymar. Nada mais normal: “ele é a estrela, é o Brasil”, resume o jornal.

Críticas à seleção comandada por Felipão

Aujourd'hui en France escreve que desde o início do Mundial, “o atacante do Barcelona carrega literalmente nos braços a seleção”, que voltou a apresentar ontem falhas da defesa e um meio de campo inexistente. Somente a eficiência de Neymar, autor de quatro dos sete gols da equipe na Copa e atual artilheiro da competição, evitou aos homens de Felipão uma nova decepção, depois do empate contra o México.

A goleada não vai calar as críticas sobre o jogo apresentado até agora pela seleção. "O Brasil não brilha ainda, mas Neymar sim!", conclui Aujourd'hui en France. O jornal lembra ainda que o Brasil disputou no estádio Mané Garrincha seu 100º jogo em Copas do Mundo e que para comemorar o evento, Neymar, ao abrir o placar, marcou ontem o 100º gol da competição.

Romário questionado

Romário, ex-craque da seleção e hoje deputado federal, também é destaque na imprensa francesa desta terça-feira. O jornal Libération afirma que ele é acusado de tirar proveito da Copa, apesar de denunciar a corrupção que envolve a organização do evento.

A reportagem começa descrevendo a carreira política de Romário, eleito em 2011, e afirma que o ex-campeão do mundo, "enfant terrible” do futebol, é uma das raras boas surpresas da política brasileira. Romário ainda faz das suas, mas a opinião pública perdoa o "baixinho" que não tem papas na língua, fala como o povo e critica a organização do Mundial. "O Brasil abriu as pernas para a Fifa" e "as despesas exorbitantes desta competição são um roubo" são algumas das afirmação do deputado do PSB, citadas no texto.

A batalha de Romário em defesa dos deficientes e a luta contra a CBF e seu presidente, José Maria Marin, são apontadas como positivas, mas o deputado também é acusado de populista, diz Libération. Segundo o jornal, a principal crítica vem do PT.

Para o partido governista, Romário seria contra o Mundial para obter a simpatia da população, mas tira proveito financeiro do evento como garoto propaganda. O artigo parece ter sido escrito antes do acordo anunciado entre o PT carioca e o PSB para que Romário seja o candidato ao Senado na chapa do candidato ao governo do Rio, Lindbergh Farias.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.