Acessar o conteúdo principal
Alemanha/ poluição

Motores adulterados levam Volkswagen ao primeiro prejuízo em 15 anos

Fábrica da Volkswagen em Wolfsburg, na Alemanha.
Fábrica da Volkswagen em Wolfsburg, na Alemanha. REUTERS/Fabian Bimmer

O escândalo dos motores programados para adulterar os resultados de emissões de poluentes levou a montadora alemã Volkswagen a registrar o primeiro prejuízo em 15 anos. Nesta quarta-feira (28), a fabricante anunciou perdas de € 1,673 bilhão no terceiro trimestre.

Publicidade

O prejuízo ocorrido entre julho e setembro contrasta com o lucro de € 2,971 bilhões do mesmo período de 2014. Nesta manhã, a companhia afirmou que terá "cargas financeiras consideráveis" com as consequências judiciais do caso.

O escândalo explodiu nos Estados Unidos, com a revelação de que os motores a diesel da Volkswagen tinham um software que adulterava os testes de poluição. Os carros, na verdade, tinham índices de contaminação acima do nível permitido.

O prejuízo se explica pela reserva de € 6,7 bilhões feita pela empresa no terceiro trimestre para cobrir os gastos relacionados ao escândalo. As perdas anunciadas, no entanto, ficam abaixo das previsões dos analistas, que eram de € 2,11 bilhões. A montadora também reduziu o objetivo de resultado operacional para 2015, que agora está em um nível muito inferior ao registrado em 2014.

Empresa mantém otimismo sobre vendas

Em setembro, a construtora admitiu ter instalado um programa que inibe os resultados de poluição dos motores, em 11 milhões de carros a diesel. Ao apresentar os resultados do terceiro trimestre, o presidente da empresa manteve o otimismo sobre o futuro.

“Nó faremos de tudo para ganhar a confiança perdida dos consumidores”, declarou Matthias Müller, diretor-presidente da companhia.

Apesar do impacto das denúncias, a gigante alemã espera vender em 2015 um número similar ao de veículos comercializados no ano passado. A Volkswagen prevê uma receita em alta de 4% neste ano.
 

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.