Acessar o conteúdo principal

Assembleia francesa cria fundo para ajudar casas de espetáculos após atentado

Fachada da casa de shows Bataclan, em Paris, coberta de flores em homenagem às vítimas dos atentados de 13 de novembro.
Fachada da casa de shows Bataclan, em Paris, coberta de flores em homenagem às vítimas dos atentados de 13 de novembro. REUTERS/Charles Platiau

Os deputados da Assembleia Nacional da França aprovaram nesta sexta-feira (4), a criação de um fundo de ajuda às casas de shows. O setor foi prejudicado pelas anulações depois dos ataques terroristas de 13 de novembro.

Publicidade

As casas de shows, teatros e festivais foram fortemente afetados pelos atentados. Além de um número incontável de anulações, sinônimo de prejuízo, os proprietários também terão que investir uma parte do seu capital em segurança, adaptando instalações e contratando pessoal especializado.

Para apoiar o setor, os deputados franceses votaram uma emenda, retificando o projeto orçamentário de 2015. O adendo define um fundo de intervenção para a segurança e o risco econômico para as empresas da área, durante três anos.

O fundo concedido é de €4,5 milhões (cerca de R$18 milhões) gerados pela Adami - associação dos direitos dos artistas e músicos intérpretes.

Voltar aos concertos

A iniciativa da criação do fundo havia sido anunciada pela ministra da Cultura, Fleur Pellerin, três dias depois dos atentados que afetaram particularmente a casa de shows Bataclan, em Paris.

"Os autores dos atentados de 13 de novembro sonhavam com salas desertas. Tudo deve ser feito para que a música continue a ser ouvida e que os franceses se sintam totalmente confiantes para voltar às casas de shows", declarou a ministra.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.