Acessar o conteúdo principal
RFI Convida

Sacos de café do Brasil inspiram pinturas de artista radicado em Paris

Áudio 07:16
O artístita plástico brasileiro radicado em Paris fala sobre seu trabalho nos estúdios da RFI.
O artístita plástico brasileiro radicado em Paris fala sobre seu trabalho nos estúdios da RFI. RFI

Radicado há mais de 30 anos em Paris, o artista plástico brasileiro Fernando Barata construiu uma sólida carreira europeia. No entanto, mesmo se boa parte de sua obra tem influência dos mestres do Velho Continente, ele ainda é inspirado por sua terra natal.

Publicidade

Um exemplo pode ser visto em sua mais recente exposição, na galeria parisiense Marie Laure de L'Ecotais, onde o pintor expôs obras realizadas com sacos de juta. “A ideia veio de uma mostra de Candido Portinari que vi no Grand Palais, em 2014, sobre os painéis Guerra e Paz que ele fez para a ONU. Nessa ocasião eu vi alguns trabalhos da série dos cafezais e dos espantalhos e, a partir dali, decidi utilizar os sacos de café como suporte das pinturas.”

Fernando Barata está preparando uma nova exposição, prevista para o mês de outubro na Universidade de Agen, no sudoeste francês.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.