Acessar o conteúdo principal
RFI Convida

Ligiana Costa, música: "Não tem como desconectar política e cultura"

Áudio 06:57
RFI

Compositora, intérprete e agitadora cultural, Ligiana Costa vive no eixo Paris-São Paulo. Do canto lírico à música barroca, sua grande paixão, o percurso da artista inclui um mestrado em musicologia na Itália e um doutorado na França.Atualmente ela se apresenta na Europa com o duo NU (Naked Universe), que forma com o músico Edson Secco, uma proposta que mescla o barroco com o eletrônico."O NU é uma experiência, a gente fala que faz música eletrônica barroca porque temos, de certa forma, uma estética barroca  com o claro-escuro, os afetos super estendidos, então, chamo de barroco por isso", ela explica, brincando que "vem do século XVII". Eles já fizeram diversos shows na Europa,  passando pela Itália, Espanha, Paris, sul da França e Berlim.Sobre o atual cenário brasileiro, Ligiana diz que vive o momento mais trágico, "que nunca imaginou viver". Particularmente chocada com a mudança da lei, na quarta-feira (5) que previa a obrigatoriedade da exploração pela Petrobras do petróleo do pré-sal, ela desabafa: "Estou muito triste, e em relação às políticas culturais eu nem sei o que dizer porque pra mim tudo é tão junto, tão conectada uma coisa com a outra, que não tem como desconectar política, cultura etc".Veja a entrevista completa de Ligiane Costa no vídeo abaixo. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.