Acessar o conteúdo principal

Covid-19: Avião bloqueado no Equador decola para Paris com 300 europeus

Luta contra o coronavirus toma as ruas da capital Quito, no Equador.
Luta contra o coronavirus toma as ruas da capital Quito, no Equador. Municipalidad de Quito/AFP

Um voo fretado pelo governo da França, que ficou parado após apresentar um problema em Guaiaquil, decolou nesta quinta-feira (9) com destino a Paris. 

Publicidade

A cidade é epicentro do novo coronavírus no Equador, país que já registrou 5.000 casos e 272 mortes. A aeronave transportava cerca de 300 passageiros.

"O avião da Air Europa decolou depois de reparos", disse uma fonte do aeroporto de Guaiaquil, onde a aeronave apresentou uma falha na quarta-feira antes de seguir para Paris, onde seria repatriado o grupo de turistas, metade deles franceses. "Eles decolaram às 12:42 locais", disse a porta-voz do terminal, Daniela Arosemena, no WhatsApp.

O embaixador francês em Quito, Jean-Baptiste Chauvin, confirmou que "o voo" partiu com 291 passageiros de 15 nacionalidades europeias, incluindo cerca de 170 franceses.

Segundo ele, 202 pessoas embarcaram no dia anterior em Quito e em Guayaquil, outras 89. "A falha foi resolvida", disse o diplomata.

Repatriar europeus

A embaixada francesa em Quito informou que "o voo permitiria que cidadãos franceses e outros europeus retornassem aos seus países".

A província de Guaias e sua capital, Guaiaquil, concentra 68% dos casos. O Equador é o segundo na América Latina em número de infectados e mortos, depois do Brasil.

Os turistas ficaram presos no país após Quito declarar estado de emergência, fechar suas fronteiras e proibir todos os voos, exceto os com ajuda humanitária e sem passageiros.

(Com informações da AFP)

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.