Acessar o conteúdo principal
Talibã/Paquistão

Talibãs atacam base aérea no Paquistão

Ataque talibã deixou pelo menos 10 mortos no Paquistão.
Ataque talibã deixou pelo menos 10 mortos no Paquistão. Reuters

Os talibãs atacaram o quartel-general da aeronáutica paquistanesa em Karachi na noite deste domingo. Pelo menos 10 militares morreram e 20 ficaram feridos nesse novo ato de represália dos terroristas após a morte do líder da Al Qaeda, Osama Bin Laden.

Publicidade

Os talibãs paquistaneses, aliados ao grupo terrorista Al Qaeda, reivindicaram o ataque à base militar. “É para vingar a morte do mártir Osama Bin Laden. É a prova de que nós continuamos unidos e poderosos”, disse Ehsanullah Ehsan, um porta-voz do grupo.

Segundo o ministro paquistanês do Interior, Rehman Malik, cerca de 70 extremistas, armados com revólveres, granadas e lança-foguetes penetraram na base pulando o muro do local. Eles destruíram os equipamentos de patrulha dos principais prédios do complexo. O quartel-general fica a apenas 25 km de distância da base aérea de Masroor, a mais importante do Paquistão, um dos possíveis armazéns de parte do arsenal nuclear do país.

Com o ataque deste domingo os talibãs esperam mostrar a vulnerabilidade da defesa paquistanesa. O episódio, que faz lembrar o ataque ao quartel-general de Rawalpindi em 2009, traz novamente à tona a questão das estruturas militares do Paquistão, consideradas como a única instituição eficaz do país.

Mas segundo o primeiro ministro Yusuf Raza Gilani, o ataque desse domingo não vai enfraquecer a defesa nacional. “Tal ato de terrorismo não vai atingir a determinação do governo e do povo paquistanês no combate ao terrorismo”, disse o premiê.
 

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.