Acessar o conteúdo principal
EUA/China

Próximo presidente chinês faz primeira visita oficial aos EUA

Viagem de Xi Jinping aos EUA é teste para o vice-presidente chinês.
Viagem de Xi Jinping aos EUA é teste para o vice-presidente chinês. REUTERS/Lintao Zhang

O vice-presidente chinês Xi Jinping, visto como futuro líder do país, começa sua primeira grande empreitada internacional nesta terça-feira. Xi deve chegar cauteloso na Casa Branca e fazer um primeiro contato amistoso com o presidente dos Estados Unidos. O chinês quer sentir a percepção norte-americana sobre a China e deve procurar maneiras de superar a falta de confiança entre as duas maiores economias do mundo.

Publicidade

A viagem de Xi Jinping, apontado como o próximo presidente da China a partir do início de 2013, testará sua habilidade de lidar com os Estados Unidos. A relação entre os dois países vem passando por uma turbulência já faz algum tempo. Os dois líderes não conseguem entrar em acordo sobre temas sensíveis, como as disputas comerciais, cambiais, Taiwan, direitos humanos e assuntos internacionais, como a crise na Síria.

As questões econômicas devem dominar a pauta. Os Estados Unidos acusam a China de violar regras do comércio internacional e de desvalorizar artificialmente o yuan – o que torna a competição comercial desleal. No ano passado, o déficit comercial dos Estados Unidos com a China bateu novo recorde e chegou a mais de US$ 295 bilhões.

Washington defende ainda que Pequim protege regimes desonestos, como o da Síria. Recentemente a China irritou os Estados Unidos, países Europeus e da Liga Árabe depois de vetar uma resolução no Conselho de Segurança da ONU, que pedia o fim da violência na Síria.

Nenhuma resposta concreta a esses questionamentos e desentendimentos deve sair do encontro, que na prática vai funcionar principalmente para os dois líderes se conhecerem melhor. Xi também vai passar por Iowa, onde se encontrará com autoridades locais e com a família com quem viveu quando morou nos Estados Unidos. Depois, ele segue para a Califórnia, onde se reúne com líderes empresariais.

O responsável chinês também deve anunciar alguns negócios com empresas norte-americanas durante essa viagem. Antes de voltar para casa, Xi visitará a Irlanda e a Turquia.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.