Acessar o conteúdo principal
África do Sul/Mandela

Nelson Mandela passa Páscoa no hospital e apresenta melhoras

O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela
O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela Foto: Reuters

O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, 94 anos, passou o domingo de Páscoa no hospital, onde se recupera de uma infecção pulmonar. A equipe médica do hospital em Johannesburgo, onde o líder da luta anti-apartheid está internado, divulgou um novo boletim e confirmou que Mandela está se recuperando.

Publicidade

A equipe médica do hospital em Johannesburgo, onde o líder da luta anti-apartheid está internado, divulgou um novo boletim hoje confirmando que Mandela apresentou melhoras. Neste domingo, na igreja católica Regina Mundi, em Soweto, dezenas de fiéis pediram pela saúde do ícone da luta anti-apartheid durante a missa de Páscoa. O presidente Jacob Zuma agradeceu os milhares de sul-africanos, que continuam rezando por Mandela.

 As autoridades sul-africanas estão otimistas em relação ao estado de saúde do ex-presidente do país. De acordo com um novo comunicado, divulgado pelo porta-voz da presidência, Mac Maharaj, agora à noite, Mandela descansou neste domingo. Ele ainda está tratando sua infecção pulmonar, mas está se recuperando.

Internado desde a última quarta-feira, Mandela teve uma recaída de uma antiga pneumonia, o que provocou um acúmulo de líquido em seu pulmão. Como o órgão aumenta de tamanho, a respiração se torna difícil. Submetido a uma drenagem, o ex-presidente agora respira sem dificuldades, dizem os médicos.

‘’Mecanicamente, depois da drenagem, o pulmão volta para o seu lugar, e a melhora é imediata’’, explicou o pneumologista francês Jean-Christophe Renaud à imprensa. Mas mesmo que se trate de um procedimento benigno, as consequências podem ser graves, em razão da idade avançada do ex-presidente sul-africano.

Esta é a terceira hospitalização de Mandela nos últimos quatro meses. No mês de dezembro, ele passou 18 dias internado para tratar uma outra infecção pulmonar. Vencedor do Nobel da Paz em 1993, Nelson Mandela deixou a vida política há dez anos para em razão de problemas de saúde, consequência em parte dos 27 anos que passou na prisão.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.