Acessar o conteúdo principal
África do Sul/Mandela

Nelson Mandela volta a ser hospitalizado na África do Sul

Neolson Madela em Londres, em 2001.
Neolson Madela em Londres, em 2001. REUTERS/Jonathan Evans/File

O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, de 94 anos, teve uma nova recaída de sua infecção pulmonar e voltou a ser internado nesta sábado, 8 de junho de 2013, em um hospital de Pretória. Segundo o governo sul-africano, desta vez o estado de saúde de Mandela “é grave, mas estável”.

Publicidade

Nelson Mandela foi internado no meio da noite em um hospital de Pretória depois que os médicos constatarem uma grave recaída de sua pneumonia. “Se estado de saúde é preocupante, mas estável”, declarou o porta-voz da presidência sul-africana Mac Maharaj. O líder sul-africano respira sozinho, sem a ajuda de aparelhos.

Como nas outras internações, o nome do hospital não foi revelado para preservar a intimidade do paciente e de sua família. “Em nome do governo e da nação, o presidente Jacob Zuma deseja a Mandela uma rápida melhora e pede que a mídia e o público respeitem a intimidade de “Mandiba” (apelido do ex-presidente sul-africano), disse o porta-voz.

Esta é a quarta internação do prêmio Nobel da paz de 1993 por causa de infecções pulmonares. O problema é provavelmente conseqüência da tuberculose contraída pelo herói da luta contra o Apartheid nos 27 anos que ficou preso.

Na última internação, em abril deste ano, Mandela passou dez dias no hospital. Ele vai completar 95 anos em 18 de julho. No final de abril, algumas imagens que circularam na imprensa o mostraram fraco e abatido.
Mandela foi o primeiro negro a presidir a África do Sul em 1994. Ele deixou o poder em 1999, e foi aos poucos se retirando da cena política por causa de seus problemas de saúde, mas continua muito popular.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.