Acessar o conteúdo principal
Irã/nuclear

Irã já instalou mil centrífugas para enriquecer urânio, diz AIEA

Operário no interior de usina nuclear, no Irã.
Operário no interior de usina nuclear, no Irã. Atomic Energy Organisation of Iran

O Irã já instalou mil centrífugas para enriquecer urânio e deverá ativá-las em breve, de acordo com um relatório trimestral da Agência Internacional de Energia Atômica, que também revela as intenções do país em dar continuidade a seu programa nuclear.

Publicidade

O documento também mostra que a república islâmica deu início à fabricação de barras de combustível para seu reator de pesquisa em Arak. Esta informação é particularmente preocupante para os ocidentais, que suspeitam que o local esconda materiais necessários para a fabricação de uma bomba atômica.

É a primeira vez que a agência divulga um relatório sobre as atividades nucleares do Irã desde a eleição do novo presidente iraniano, Hassan Rohani.

Ainda de acordo com o relatório, o estoque nuclear iraniano não aumentou desde o último relatório publicado em maio, mas os iranianos mantêm o controverso programa nuclear e o enriquecimento de urânio a alto teor, apesar da pressão da comunidade internacional, que espera uma evolução nas negociações com a saída do presidente Mahmoud Ahmadinejad.

A retomada das discussões entre as autoridades iranianas e a agência acontece no próximo dia 27 de setembro. O encontro, que acontecerá em Viena, segundo um porta-voz da AIEA, será o primeiro desde a posse do presidente Hassan Rohani, considerado mais moderado.

Durante a campanha, ele sinalizou uma abertura do diálogo com as potências e prometeu cooperar com a agência, uma medida considerada necessária diante da grave crise econômica que o país atravessa.

A última reunião entre os iranianos e AIEA aconteceu em maio. As negociações até agora não tiveram nenhum resultado, apesar das diversas sanções votadas no Conselho de Segurança da ONU, além de medidas unilaterais.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.