Acessar o conteúdo principal
Japão/Terremoto

Forte terremoto é registrado na região de Tóquio

Moradores de Tóquio reunidos em estação da capital japonesa, que teve parte do transporte ferroviário e metroviário perturbado por causa do terremoto.
Moradores de Tóquio reunidos em estação da capital japonesa, que teve parte do transporte ferroviário e metroviário perturbado por causa do terremoto. Mandatory credit REUTERS/Kyodo

Um forte tremor foi registrado na noite deste sábado (30) ao sul de Tóquio. O terremoto, de 7,8 pontos na escala Richter, foi sentido com força na capital japonesa, sacudindo edifícios e ativando alarmes de carros. O tráfego ferroviário chegou a ser perturbado e as pistas do aeroporto internacional fechadas temporariamente, mas as autoridades descartaram o risco de tsunami.

Publicidade

O terremoto ocorreu por volta de 20h30 (8h30 pelo horário de Brasília). Segundo o Instituto americano de geofísica (USGS na sigla em inglês), o tremor de 7,8 pontos teve seu epicentro a cerca de 870 km ao sul de Tóquio, no oceano. Já o Centro de alerta de tsunamis do Pacífico estimou que o fenômeno registrou 8,5 pontos. 

Os prédios da capital japonesa tremeram durante cerca de um minuto. Segundo as autoridades locais, nenhuma vítima ou dano material importante foi registrado até agora. 

As duas pistas do aeroporto internacional de Narita, o principal da cidade, chegaram a ser temporariamente fechadas. A circulação do metro na capital e dos trens na região também foi interrompida.

Segundo terremoto em uma semana

Esse é o segundo tremor vivido por Tóquio em uma semana. Na segunda feira (25), um terremoto de 5,6 pontos foi registrado no país.

A companhia Tokyo Electric Power indicou que nenhum dano foi constatado na central de Fukushima. O Japão se situa sobre uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo, e usina nuclear havia sido atingida pelo terremoto, seguido de tsunami, que devastaram parte do país em março de 2011. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.