Acessar o conteúdo principal
Israel/Hamas

Dois israelenses estão detidos como reféns na Faixa de Gaza

Militantes do Hamas nas ruas de Gaza. 8/07/15
Militantes do Hamas nas ruas de Gaza. 8/07/15 REUTERS/Suhaib

Dois israelenses estão detidos na Faixa de Gaza, sendo um deles pelo Hamas que controla o território palestino, afirmou nesta quinta-feira (9) o ministério da Defesa de Israel. O país pediu a mediadores internacionais que obtenham informações sobre o estado de saúde dos reféns e intercedam por uma libertação imediata.

Publicidade

O homem sequestrado pelo movimento radical palestino é o israelo-etíope Avraham Mengistu, indica o comunicado do ministério da Defesa israelense publicado hoje. Ele entrou em Gaza em 7 de setembro de 2014, pouco depois do fim da guerra de 50 dias entre Israel e o Hamas, e "está sendo retido contra sua vontade pelo Hamas", afirma o documento.

A identidade do segundo detido, um árabe-israelense, não foi divulgada. Ao contrário do caso de Mengistu, o sigilo militar ainda é válido para este segundo refém.

Trocas de reféns por prisioneiros

O Hamas, que já fez várias trocas de reféns contra prisioneiros do movimento em Israel, se recusou a comentar o caso. No final de 2011, Israel libertou cerca de mil prisioneiros palestinos em troca da libertação do soldado franco-israelense, Gilad Shalit, sequestrado em 2006 pelo Hamas.

Mas muitos desses ex-prisioneiros voltaram a ser detidos por Israel, e o objetivo do Hamas com estes novos reféns é conseguir de novo a libertação deles, informou um alto dirigente do movimento palestino à AFP. O governo israelense e o Hamas anunciaram recentemente ter retomado contatos indiretos para alcançar uma trégua duradoura. Em troca, Israel aliviaria o bloqueio imposto ao território palestino há nove anos.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.