Acessar o conteúdo principal
Coreia do Norte/EUA

Coreia do Norte já estaria planejando novo teste nuclear

O líder norte-coreano Kim Jong Un ao lado dos cientistas que trabalham no programa nuclear do país
O líder norte-coreano Kim Jong Un ao lado dos cientistas que trabalham no programa nuclear do país KCNA/Files via Reuters

A Coreia do Norte está preparada para realizar um novo teste nuclear, anunciou nesta segunda-feira (12) o ministério sul-coreano da Defesa. O anúncio acontece apenas três dias do governo norte-coreano ter detonado uma bomba atômica de potência similar a de Hiroshima.

Publicidade

De acordo com o comunicado divulgado pelo porta-voz do Ministério da Defesa, Moon Sang, os preparativos já foram concluídos. O responsável sul-coreano não quis entrar em detalhes, mas declarou que as forças militares do país já estão preparadas para o “novos lançamento de mísseis balísticos ou provocações por terra”.

Na última sexta-feira, a Coreia do Norte realizou seu quinto teste nuclear, definido pelos serviços de inteligência dos países ocidentais como o mais potente até o momento, com quase 10 quilotons. O primeiro teste norte-coreano foi realizado em 2006 em um dos primeiros túneis construído pelo regime e os quatro seguintes no segundo túnel.

“Resposta necessária à ameaça nuclear”

Em um comunicado, o governo norte-americano justificou a tentativa como uma “resposta necessária à ameaça nuclear”. O Conselho de Segurança da ONU decidiu, na última sexta-feira, votar uma nova resolução para impor novas sanções a Pyongyang. A Coreia do Norte, que, em teoria, não tem direito de desenvolver um programa nuclear ou balístico, não volta atrás apesar das sanções.

Em visita ao Japão, Sung Kim, representante especial para a Coreia do Norte no Departamento de Estado americnao, disse que Washington e Tóquio tentam obter medidas mais duras contra o país em represália a Pyongyang. Ele também deixou entender que os Estados Unidos poderiam adotar medidas unilaterais diante do comportamento "inaceitável e provocador” do governo norte-coreano.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.