Acessar o conteúdo principal
Síria/guerra

Novo ataque a Aleppo deixa pelo menos 25 mortos

Os bairros rebeldes de Aleppo foram alvos de um novo ataque neste sábado
Os bairros rebeldes de Aleppo foram alvos de um novo ataque neste sábado GEORGE OURFALIAN / AFP

Pelo menos 25 pessoas morreram neste sábado (24) nos bairros rebeldes em Aleppo durante os bombardeios feitos pelo regime sírio e seu aliado russo. Este é o quinto dia consecutivo de violência depois do fracasso das negociações de uma trégua entre Rússia e Estados Unidos.

Publicidade

Entre as vítimas estão sete civis, que saíram às ruas na tentativa de encontrar comida e foram atingidos por uma bomba, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

Apesar de várias reuniões ocorridas nesta semana em Nova Iork, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, russos e americanos não conseguiram chegar a um acordo para diminuir a violência na Síria, em guerra civil desde 2011. Os ministros das Relações Exteriores dos dois países, John Kerry e Seguei Lavrov, haviam obtido uma trégua que entrou em vigor no dia 12 de setembro, mas ela foi respeitada durante apenas uma semana.

Desde segunda-feira, os bombardeios do regime de Bashar al-Assad e das forças russas se intensificaram na ex-capital econômica do país, dividida desde 2012 entre bairros controlados pelos rebeldes e as forças do governo. Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, pela segunda noite consecutiva, a aviação russa bombardeou os bairros rebeldes enquanto os helicópteros do regime largaram barris de explosivos.

Situação é mais do que caótica, diz Médico Sem Fronteiras

De acordo com a ONG, 47 civis, entre eles sete crianças, também morreram nos bombardeios desta sexta-feira.A organização Médicos Sem Fronteiras alerta a situação caótica. As ambulâncias têm tido cada vez mais dificuldade de circular nas ruas em razão da falta de combustível e de luz, já que os cortes de energia são frequentes. Muitos doentes e feridos são simplesmente abandonados para morrer, diz a organização.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.