Acessar o conteúdo principal

Homens armados atacam barco de migrantes na costa da Líbia e matam quatro

Migrantes na costa da Líbia
Migrantes na costa da Líbia ARIS MESSINIS / AFP

Homens armados atacaram na noite de quinta-feira (20) um barco de migrantes no litoral da Líbia, causando ao menos quatro mortes e até 25 desaparecidos, informou a ONG alemã Sea-Watch.

Publicidade

Um barco da organização foi enviado pela guarda costeira italiana, que coordena as operações na zona, para socorrer o bote que se encontrava a 14 milhas náuticas da costa líbia, ou seja, em águas internacionais.

Um navio petroleiro desviado pela guarda costeira também se encontrava na área e foi posicionado para recolher o bote enquanto as equipes da Sea-Watch começaram a distribuir coletes salva-vidas aos migrantes, estimados em 150.

Foi então que homens armados chegaram em uma embarcação com a insígnia da guarda costeira líbia. Muito nervosos, falando apenas em árabe, eles atacaram o bote dos migrantes e tentaram roubar o motor.

Batendo nas pessoas com bastões, alguns subiram no bote, provocando um movimento de pânico. A maioria dos migrantes caiu na água.

As equipes da Sea-Watch conseguiram socorrer 120 pessoas e resgatar quatro corpos. Mas elas viram também corpos flutuando que não puderam ser resgatados e estimam que entre 15 e 25 pessoas desapareceram.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.