Acessar o conteúdo principal
EUA/acordo

Trump deve oficializar saída dos EUA do TPP nesta segunda

Donald Trump convidou o premier de Israel, Benjamin Netanyahu para participar de uma reunião em Washington em fevereiro próximo.
Donald Trump convidou o premier de Israel, Benjamin Netanyahu para participar de uma reunião em Washington em fevereiro próximo. REUTERS/Joshua Roberts

O presidente eleito Donald Trump assina nesta segunda-feira (23) dois decretos-leis que pedem uma renegociação do acordo de livre-comércio americano, conhecido como Alena, e marcam a retirada do país da parceria Transpacífica (TPP).

Publicidade

A informação é das redes NBC e CNN. O Alena está em vigor desde 1994 e liga os Estados Unidos ao Canadá e ao México.

Já o TPP, assinado no ano passado por doze países da América e da Ásia, entre eles, o próprio Estados Unidos, ainda não foi ratificado. Com a saída dos EUA, ele não poderá entrar em vigor.

A iniciativa será a primeira decisão do novo presidente americano, que denunciou durante a campanha o acordo. Segundo Trump, o TPP viola os interesses dos trabalhadores americanos.

O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, que defende o documento, estimou que, sem os Estados Unidos, o acordo perde o sentido. Segundo a rede NBC, Trump se comprometeu a lançar negociações comerciais com outros 11 países que assinaram o acordo.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.