Acessar o conteúdo principal
Sobrevivente/Nagasaki

Morre aos 88 anos carteiro que sobreviveu à bomba de Nagasaki

Em foto de arquivo de 2005, Taniguchi mostra cartão de sobrevivente da bomba de Nagasaki.
Em foto de arquivo de 2005, Taniguchi mostra cartão de sobrevivente da bomba de Nagasaki. REUTERS/Yuriko Nakao/Foto de arquivo

Sumiteru Taniguchi, que em 1945 estava entregando cartas em Nagasaki quando as tropas dos Estados Unidos lançaram a bomba atômica, faleceu nesta quarta-feira (30), aos 88 anos.   

Publicidade

Taniguchi virou um importante ativista do desarmamento nuclear e chegou a ser considerado um candidato ao prêmio Nobel da Paz.

Ele faleceu após uma batalha contra o câncer em um hospital na região sudoeste do Japão, informou o grupo Nihon Hidankyo, que reúne sobreviventes das bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki.

O então carteiro tinha 16 anos no momento do ataque e sofreu graves queimaduras nas costas e no braço esquerdo. Ele precisou de muitos anos para a recuperação plena.

No momento do ataque Taniguchi estava em uma bicicleta a 1,8 km do epicentro da explosão.

Pele do braço caindo em tiras

"De repente, depois de ver uma luz como um arco-íris nas minhas costas, fui empurrado por uma forte explosão para o chão", disse em uma cerimônia que recordava o bombardeio em 2015.

"Quando acordei, a pele do meu braço esquerdo, do ombro até a ponta de meus dedos, caía em tiras. Coloquei a mão nas costas e vi que não tinha roupa, tinha pedaços de pele queimada na minha mão", recordou.

Taniguchi, que passou três anos e meio em um hospital após a explosão, se tornou um importante ativista do desarmamento nuclear e viajou por todo o mundo para relatar sua experiência em conferências.

Foto das costas de Sumiteru Taniguchi em 1946, hoje no Museu da Bomba Atômica, em Nagasaki.
Foto das costas de Sumiteru Taniguchi em 1946, hoje no Museu da Bomba Atômica, em Nagasaki. wiki - U.S. Marines photographer Joe O'Donnell

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.