Acessar o conteúdo principal

Ataque terrorista mata 15 soldados no Mali

Exército do Mali luta contra grupos jihadistas que agem no norte e centro do país, apesar dos esforços de tropas francesas para combater os extremistas.
Exército do Mali luta contra grupos jihadistas que agem no norte e centro do país, apesar dos esforços de tropas francesas para combater os extremistas. AFP/PHILIPPE DESMAZES

Pelo menos 15 soldados foram mortos nesta sexta-feira (1) em um ataque descrito como terrorista no Mali. Segundo um comunicado do exército, o ataque aconteceu em um posto militar em Indelimane, na região de Menaka, no nordeste do país.

Publicidade

Sem dar maiores detalhes do ocorrido, a declaração oficial cita danos materiais e a existência de feridos, acrescentando que reforços foram enviados ao local.

A ação acontece um mês após a morte de 40 soldados em dois ataques jihadistas em 30 de setembro e 1º de outubro, perto de Burkina Faso, país localizado ao sul do Mali, de acordo com o relatório de um alto funcionário do Ministério da Defesa.

Segundo uma fonte militar, há soldados desaparecidos. O ataque não foi reivindicado até o momento.

Em meados de março e abril de 2012, o norte do Mali foi dominado por grupos jihadistas ligados à Al-Qaeda, a partir da derrota do exército contra a rebelião Tuareg.

Intervenção francesa

Os extremistas foram expulsos ou dispersados pela região após o lançamento, em janeiro de 2013, por iniciativa da França, de uma intervenção militar, atualmente em andamento.

No entanto, a violência jihadista persiste e se espalha do norte para a região central do Mali, e de lá para os vizinhos Burkina Faso e Níger, muitas vezes misturando-se a conflitos intercomunitários que já fizeram centenas de mortes.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.