Acessar o conteúdo principal
Austrália/incêndio

Incêndios florestais matam quatro pessoas e centenas de cangurus na Austrália

O número de mortos pelos incêndios no leste da Austrália
O número de mortos pelos incêndios no leste da Austrália AAP Image/Shane Chalker/via REUTERS

O número de vítimas pelos incêndios no leste da Austrália, onde 140 focos ainda continuam ativos, subiu para quatro nesta quinta-feira (14), com a descoberta de um cadáver perto da cidade de Kempsey, em Nova Gales do Sul. A região foi uma das mais atingidas pelos incêndios florestais nos últimos dias.

Publicidade

A polícia australiana informou que o corpo de um homem foi achado em uma área de mata, perto de Kempsey. Segundo a polícia, a identificação formal ainda não foi feita. A vítima, de 58 anos, morava em um galpão e foi vista pela última vez na sexta-feira (11). Outras três pessoas morreram na mesma região.

Centenas de casas foram danificadas ou destruídas e mais de um milhão de hectares de terra foram queimados. De acordo com as autoridades australianas, as temperaturas e os ventos devem subir em Queensland e Nova Gales do Sul no final de semana, criando condições desfavoráveis. Mais de 100 focos estavam ativos nesta quinta-feira.

Todos os anos, o país é atingido pelos incêndios durante a primavera e o verão. Mas, neste ano, o fogo começou mais cedo que o habitual e de forma mais violenta, de acordo com as autoridades. Michael Wassing, chefe dos bombeiros de Queensland, disse que uma nova mudança na direção ou intensidade do vento na tarde de quarta-feira pode aumentar os incêndios em áreas de difícil acesso." As previsões de longo prazo nos fazem pensar que isso está longe de terminar", disse ele.

Fogo causa morte de cangurus

Segundo Shane Fitzsimmons, chefe dos bombeiros de Nova Gales do Sul, a situação só estará sob controle dentro de "várias semanas". "O que precisamos é que chova. Chova muito. E as previsões do tempo não indicam que as condições atuais mudarão", afirmou o chefe.

Os incêndios florestais também provocaram a morte de pelo menos 350 cangurus na reserva de Port Macquerie, colocando em risco a preservação da espécie na área. Nick Boyle, da Taronga Conservation Society, disse também que os koalas sofrem com o fogo.

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.