Acessar o conteúdo principal

Covid-19: Mundo já tem 2,6 bilhões de pessoas confinadas, a metade delas na Índia

As ruas da cidade de Ahmedabad, na Índia, que submeteu a população do país a um confinamento total.
As ruas da cidade de Ahmedabad, na Índia, que submeteu a população do país a um confinamento total. REUTERS/Amit Dave

O governo da Índia decretou nesta terça-feira (24) o confinamento de toda a população do país de 1,3 bilhão de habitantes. Com a decisão de Nova Délhi, o número de pessoas isoladas em suas casas em todo o mundo por causa da pandemia de Covid-19 dobrou.

Publicidade

O primeiro-ministro indiano Narendra Modi ordenou o confinamento total do país durante três semanas. A medida foi tomada “para salvar a Índia, para salvar cada cidadão”, insistiu o chefe do governo durante um pronunciamento transmitido em rede nacional.

Modi pediu que a população respeite a distância social e insistiu que “não há outro meio para escapar do coronavírus”. “Lembrem-se que um único passo foram de casa pode levar essa doença grave do coronavírus para dentro do seu lar”, martelou.

Quem desrespeitar o confinamento está sujeito a penas que podem chegar a um ano de prisão. Logo que o discurso do premiê terminou, os indianos correram para os supermercados e feiras para estocar alimentos nas horas que restavam antes do início do isolamento.

Dez mortos até agora

A Índia conta com pouco mais de 500 casos confirmados de Covid-19 e dez vítimas fatais, segundo o balanço oficial divulgado na noite de terça-feira. No entanto, os especialistas estimam que esse número é muito inferior à realidade em razão dos poucos testes realizados no segundo país mais populoso do mundo.

A gigantesca rede ferroviária indiana, coluna vertebral dos transportes públicos, foi suspensa, assim como todo o sistema de ônibus. “Não há dúvidas que esse confinamento terá um custo econômico para o país, mas salvar a vida de cada indiano é a minha prioridade”, disse o chefe do governo.

Segundo uma contagem feita nesta terça-feira, 2,6 bilhões de pessoas estão submetidas a um regime de confinamento no mundo por causa do coronavírus. Na maior parte dos países, como França, Reino Unido, Itália, Argentina e Colômbia, o isolamento é obrigatório, enquanto os demais aplicaram toques de recolher, quarentena ou estabeleceram recomendações para a população.

(Com informações da AFP)

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.