Acesso ao principal conteúdo
Saúde/Egipto

Epidema de Covid-19 provoca primeira morte em África

Agente sanitário regista a temperatura de um passageiro no âmbito da despistagem do coronavírus,no aeroporto internacional de Kotoka,em Accra, no Ghana.Janeiro de 2020.
Agente sanitário regista a temperatura de um passageiro no âmbito da despistagem do coronavírus,no aeroporto internacional de Kotoka,em Accra, no Ghana.Janeiro de 2020. REUTERS/Francis Kokoroko

Segundo a Organização Mundial de Saúde o número de pessoas infectadas pelo Covid-19 é actualmente de 104.901. Em matéria de óbitos,a epidemia de coronavírus, que afecta 95 países e territórios, provocou a morte de pelo menos 3.556 pesoas. Em África registam-se casos nos Camarões,Senegal,Tunísia, Marrocos, Nigéria, África do Sul e Egipto, onde um turista alemão de 60 anos sucumbiu a infecção pelo Covid-19.             

Publicidade

De acordo com o Ministério da Saúde do Egipto, um cidadão alemão que se encontrava num estância turística do país do norte  de África morreu infectado pelo coronavírus.

O citado Ministério informou por intermédio de um comunicado, que o turista alemão de 60 anos revelou sintomas de febre e as análises efectuadas, a 6 de Março no hospital de Hurghada, confirmaram a doença provocada pelo  Covid-19.  

A morte do cidadão alemão no Egipto, é a primeira registada em África pela epidemia de coronavírus, que afecta ,de agora em diante, 95 países através do mundo.

Um barco de transporte fluvial, circulando no rio Nilo, atracou Domingo na cidade de Luxor, no sul do Egipto, depois de  terem sido detectadas suspeitas de casos de coronavírus entre a tripulação e passageiros estrangeiros,no seio das 45 pessoas a bordo.

Segundo o Ministério da Saúde egípcio, embora dos 45 casos suspeitos, 11 tenham testado negativo, todos os ocupantes do barco serão colocados em quarentena.

Na África da Sul registou-se um terceiro caso de Covid-19.Trata-se de uma senhora,cujo marido já se encontra hospitalizado por razões idênticas.

Os três casos de Covid-19 confirmados, no país da África Austral, faziam parte de um grupo de 10 pessoas que  tinham viajado para a Itália.

As autoridades sanitárias sul-africanas informaram  ter conseguido identificar todos os nacionais, que visitaram recentemente a Itália, com excepção de um que por ora, não se encontra no país.

De acordo com o Ministério da Saúde da África do Sul,no primeiro caso suspeito de Covid-19, que tinha sido detectado na passada quinta-feira, o paciente recuperou e já não mostra sintomas da doença.  

Epidemia de Covid-19 provoca primeira morte em África 08 03 2020

              

 

            

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.