Acesso ao principal conteúdo
Relações internacionais/Estados Unidos

Manobras navais conjuntas de Estados Unidos e países da Asean

Bandeiras dos países  da ASEAN.
Bandeiras dos países da ASEAN. REUTERS/Soe Zeya Tun

Os Estados Unidos e dez países da Ásia do sudeste iniciaram nesta segunda-feira exercícios conjuntos, no âmbito da luta de influência entre Washington e Pequim, para o controlo do sul do Mar da China. Washington contesta a soberania de Pequim em algumas zonas do Mar da China. Estes primeiros exercícios navais de americanos e países da ASEAN vai durar cinco dias.

Publicidade

Oito navios de guerra, quatro aviões de combate e mais de um milhar de militares participam nos exercícios conjuntos entre os Estados Unidos e 10 países da Associação das Nações da Ásia do Sudeste, lançados a partir da base naval de Sattahip, ao sul da estância balnear de Pattaya, na Tailândia.

Estes primeiros exercícios navais dos Estados Unidos e dez nações da ASEAN durará cinco dias e decorre num contexto crescente de rivalidade entre os Estados Unidos e a China, pelo controlo do sul da Mar da China.

Segundo observadores os exercícios têm lugar, igualmente, numa altura em que os Estados Unidos reforçam a sua presença na citada região e crescem as tensões entre Pequim e países da ASEAN, como o Brunei, a Malásia, o Vietname e as Filipinas que reivendicam a sua soberania sobre várias partes do sul do Mar da China.

De acordo com a embaixada americana em Bangkok,o comando das manobras navais em curso é assumido pelas marinhas dos Estados Unidos e da Tailândia, e têm lugar numa faixa marítima que abrange o Golfo da Tailândia e o sul do Mar da China.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.